A Importância do Protetor Solar | Protetor Brazinco
A Importância do Protetor Solar

Tem post novo da nossa colunista dermatologista Dra. Paula Barroco!

Você sabia que o protetor solar é o melhor anti-idade? E, que 33% de todos os casos de câncer no Brasil, são de pele. Sendo 180 mil novos casos a cada ano e que poderiam ser evitados com a devida proteção solar?

Melhor Forma de Prevenção

Seja você um (a) adepto (a) de vida saudável, ou um vaidoso (a) de carteirinha, o cuidado com a exposição solar deve estar na sua rotina diária.

Além de ser a prevenção para vários tipos de câncer de pele, o protetor solar nos salva de muitos efeitos indesejados que talvez você nem imagina.

Manchas na Pele

Sabe aquelas manchas conhecidas como “manchas senis”?  Saiba, que na verdade, são causadas pela exposição solar, assim como aquelas rugas profundas, e perda de elasticidade da pele.

Isso mesmo, o sol deixa a pele flácida. Ele altera as fibras elásticas deixando a pele mais espessa, atrófica e ressecada; perdendo sua capacidade elástica.

Claro, com a idade a pele afina e perde gradativamente sua elasticidade naturalmente. O que estou falando é sobre a intensidade e velocidade que ocorrerá. 

Facilmente vemos isso em pessoas que se expuseram cronicamente sem protetor solar, mas estavam com roupas, como agricultores por exemplo.

Se você comparar a pele de seu braço e face com a do abdome, verá que a pele, embora com a mesma idade, é completamente diferente. A abdominal sempre aparenta ser mais jovem.

Esta foto publicada em um artigo no The New England Journal of Medicine, mostra um caminhoneiro que cronicamente expôs mais um lado esquerdo de sua face, onde vemos rugas mais profundas e um “derretimento” da face.

Já na foto abaixo podemos conferir o afinamento da pele, os vasos aparentes e manchas que podem ser planas ou verrucosas, as famosas manchas senis que falamos antes.

 A exposição sem proteção, além do câncer de pele e das alterações estéticas, pode levar a crises em pessoas com herpes labial, rosácea, acne, Lúpus. Além disso, pode também gerar uma espécie de “alergia ao sol”, como na urticaria solar e na erupção polimorfa a luz.

Então para não se tornar mais um número nas estatísticas de câncer de pele, sofrer com aquelas crises de herpes labial ou chorar pelas rugas e manchas adquiridas, use e reaplique um bom protetor solar!

No próximo texto vamos conversar sobre como escolher seu protetor solar e conhecer mais sobre suas composições e características.

E até lá. Não esqueça, se exponha, mas não se queime!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escrito por: Equipe Brazinco

Leia mais:

Dicas de Alimentação para manter a saúde no Outono

Dicas de Alimentação para manter a saúde no Outono

O conforto de uma estação com temperaturas mais amenas, a tentação de comer comidas quentes e mais calóricas são algumas das mudanças que ocorrem no Outono, mas precisamos alinhar tudo isso com uma alimentação que ajude nosso corpo a funcionar corretamente, certo?...

Guarda-vidas, os heróis de nossas águas

Guarda-vidas, os heróis de nossas águas

As águas sempre exerceram um fascínio sobre o homem. De lá tiramos nosso alimento, usamos mares, rios e lagos como transporte e muitas vezes, da água vem nossa fonte de renda. A maioria das civilizações antigas cresceu junto ao mar ou grandes concentrações de água....

Pele Saudável começa pela higiene adequada

Pele Saudável começa pela higiene adequada

Já conversamos muito sobre proteção solar, mas ainda não falamos sobre uma duvida muito frequente no consultório: como fazer a remoção do produto adequadamente. O protetor solar assim como maquiagem e poluição, tem ação oxidante quando permanecem por muito tempo na...